sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Qual é o propósito do Yoga Nidra?

O propósito do Yoga Nidra varia de indivíduo para indivíduo. Muitas pessoas que sofrem de insônia, o praticam. Percebem que os ajuda a relaxar ao liberar as tensões acumuladas e lhes permite dormir, embora inicialmente seja somente por um tempo curto. Com a repetição da prática, aumenta a duração e a profundidade do sono. A liberação de estresse é um dos aspectos do Yoga Nidra, porém o estresse não é somente mental, também é físico e emocional.

No Yoga Nidra, aprendemos a lidar com o estresse físico. Ao longo do dia, de maneira involuntária, diferentes partes do corpo se tornam tensas e rígidas. Esta tensão na estrutura muscular e esquelética afeta e altera o rendimento dos sistemas nervoso, circulatório, respiratório além de outros sistemas do corpo. No lapso de 24 horas, 99,9% do nosso corpo físico permanece alternando tensões. Esta é uma das causas das moléstias e dores no corpo. Quando estão profundamente concentrados em algo, se darão conta que os músculos do pescoço e da região superior dos ombros se tornam tensos. Cada vez que fazemos algo, determinadas partes do corpo relacionadas com essa ação em particular se tornam tensas, porem não somos conscientes destas pequenas tensões que de vez em quando aparecem. Portanto, a liberação da tensão física é o primeiro aspecto do Yoga Nidra.
O segundo aspecto é que o Yoga Nidra ajuda a liberar tensões mentais. Acumulamos tensões provenientes de nossos pensamentos, do meio ambiente, da família e do trabalho, assim como também de nossa própria interação com nosso intelecto. Afrontar estas tensões mentais é difícil. Não existe no mundo de hoje uma ciência abordar com eficácia a tensão mental. Pode a psicoterapia manejar a tensão mental? A psicoterapia pode fazer tomar consciência de algum tipo de tensão interna, inclusive pode ajudar a determinar a causa da tensão, mas não pode oferecer uma solução. Talvez pensemos que a solução se encontre fora, que mudando o estilo de vida e os hábitos mentais tudo vai mudar. Esta é a teoria generalizada, porem existe outra maneira mais eficaz para o tratamento da tensão mental. Com o Yoga Nidra, as tensões que se encontram bloqueadas são liberadas na forma de símbolos e arquétipos.

O terceiro aspecto do Yoga Nidra tem a ver com os transtornos e desequilíbrios emocionais. Aqui a prática de Yoga Nidra se converte mais em um processo meditativo, um processo de autoanálise e auto-observação. São vistas de maneira objetiva, se tornam conscientes e são liberadas as lembranças de diferentes eventos e experiências emocionais (samskara), as diferentes crises e traumas, a felicidade e a tristeza.
O quarto aspecto do Yoga Nidra é a preparação da consciência para o despertar das faculdades mentais. Aqui se trabalha sobre as faculdades frágeis da mente, tais como a falta de confiança em si mesmo, o complexo de inferioridade, a falta de força de vontade, a perda de autoimagem positiva, etc. Cria-se uma base adequada sobre a qual se pode utilizar a totalidade das faculdades da mente.
O quinto aspecto do Yoga Nidra desperta nossa consciência das faculdades psíquicas que ocasionalmente se manifestam em nossas vidas; consciência dos diferentes corpos e suas experiências, etc. De fato, o Yoga Nidra é um processo de autodescobrimento. É uma das práticas do yoga que combina três aspectos do Ashtanga Yoga. Começa em Pratyahara, passa por Dharana e termina em Dhyana. É Por isso que é uma técnica muito completa.
Texto retirado de Satsang with Paramahamsa, From satsang by Swami Niranjanananda Saraswati, Ganga Darshan, Munger, 1987-89

Nenhum comentário:

Postar um comentário